Dom Mariano Manzana celebra 17 anos como bispo de Mossoró e abre a fase diocesana do Sínodo dos Bispos 2021-2023.

Com alegria, domingo, dia 17, celebramos os 17 anos do ministério episcopal de Dom Mariano Manzana na Diocese de Mossoró. A data festiva será marcada pela abertura da fase diocesana do Sínodo dos Bispos 2021-2023.

A Celebração Eucarística acontecerá, às 11h, na Catedral de Santa Luzia com a presença de vários sacerdotes, religiosas (os), seminaristas e leigos. Uma caminhada de graças para Dom Mariano que comemorou na última quarta-feira, dia 13, aniversário natalício, e agora 17 anos de presença na Diocese de Mossoró e num momento muito importante para Igreja no mundo, com a convocação para a 16ª Assembleia Ordinária do Sínodo dos Bispos, que será realizada em 2023 com o tema “Por uma Igreja Sinodal: comunhão, participação e missão”.

O Sínodo dos Bispos envolve todas as dioceses do mundo inteiro, em várias fases. A primeira fase, que na prática é a escuta e reflexão envolvendo todas as paróquias, comunidades, movimentos e vida consagrada, será aberta neste domingo na Diocese de Mossoró com várias etapas e culminando na Assembleia Diocesana que acontecerá em novembro. As fases serão concluídas até março de 2022.

Dom Mariano iniciou seu ministério em Mossoró no dia 17 de setembro de 2004, quando tomou posse em solene celebração na Catedral de Santa Luzia como sexto bispo. Seu lema episcopal é “Chistus ad Gentes” (Cristo para todos).

À frente da Diocese de Mossoró, Dom Mariano implantou inúmeros projetos: Santas Missões Populares, Seminário Maior, Faculdade Católica do Rio Grande do Norte, Domingo da Solidariedade, criação de 39 paróquias, ordenação de quase 50 padres, envio de 13 padres e seminaristas para pós-graduação em Roma, e outros para mestrado e doutorado, incentivo a catequese, onde ele é o bispo referencial do Regional Nordeste 2 da CNBB, acolhimento de comunidades de vida consagrada e religiosa. Um trabalho incansável com os menos favorecidos e dependentes químicos através de vários projetos sociais e tantas outras obras.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.