Governo do Estado faz alerta para novo aumento de casos de Covid-19

Foto: Ariel Dantas

O governo do Rio Grande do Norte lançou um alerta sobre aumento da taxa de ocupação de leitos e de casos Covid-19 no estado e anunciou, nesta sexta-feira (29), a retomada do programa Pacto Pela Vida.

Uma nota conjunta assinada por gestores estaduais, municipais, Ministérios Públicos e a Defensoria Pública do estado pede que a população complete o esquema vacinal e mantenha cuidados para prevenir a doença.

De acordo com a Secretaria de Saúde Pública, o estado rem registrado alterações do mapa do indicador composto usado para acompanhar a situação epidemiológica no estado.

“O indicador composto, parâmetro utilizado para dar cor ao mapa do RN tem mostrado o Estado mais amarelo e isso é um sinal de alerta para todos os potiguares. Além disso, está havendo, dia a dia, aumento da taxa de ocupação e do número de solicitações por leitos críticos no Regula RN”, informou o governo

Na manhã desta sexta-feira (29), a plataforma Regula RN apontou 46,2% de ocupação de leitos críticos no RN. A taxa era de 47,6% na região metropolitana, 38,6% na região Oeste e 58,3% na região do Seridó, que a poucos dias apresentava uma ocupação abaixo dos 10%.

Em uma reunião realizada na quarta-feira (27) e que abrangeu vários órgãos, as autoridades discutiram estratégias e consideraram que “é evidente que o principal ponto é o aumento da cobertura vacinal, ou seja, a aplicação da segunda dose da vacina”. Atualmente, o estado tem 206.357 pessoas que não retornaram para tomar a segunda dose.

“Esse é o ponto mais importante em nossa discussão, devido a eficácia comprovada da vacinação. Somente com a vacina que conseguiremos atingir um patamar de controle da pandemia. Além disso, é importante ressaltar a importância do passaporte vacinal para acesso a ambientes e aglomerações que será a garantia de que as pessoas estejam vacinadas.”, afirma Lyane Ramalho, secretária adjunta da Secretaria Estadual de Saúde.

Apesar de anunciar o retorno do programa Pacto Pela Vida, não foi informado se haverá retomada de fiscalizações. A nota conjunta divulgada pelos órgãos ressalta a importância da manutenção dos protocolos sanitários e a importância da completude do esquema vacinal.

G1RN

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.