PRF passa a utilizar aparelho para medir transparência de películas de carros

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte passou a utilizar em suas ações de fiscalização de trânsito o luxímetro. O aparelho é capaz de medir o índice de transparência das películas nos vidros dos carros.

De acordo com a PRF, o equipamento é utilizado para medir a densidade da intensidade de luz presente em um determinado local. O órgão reforçou as normas que devem ser seguidas pelos motoristas em relação às películas.

“Lembrando que, de acordo com a resolução 254 do Contran, o para-brisa tem que ter um índice de transparência de, no mínimo, 75%; os vidros dianteiros de 70%; os vidros traseiros de 28%”, explicou o policial rodoviário federal Bruno Duarte.

Ainda segundo ele, a multa para quem estiver fora da conformidade é de natureza grave, com a perda 5 de pontos na Carteira Nacional de Habilitação, e multa de R$ 195,23. “Além disso, tem a medida administrativa que o condutor é obrigado a retirar a película para seguir viagem”, acrescentou.

O luxímetro está sendo utilizado pela PRF nas rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte desde o início da semana e já resultou em autuações de motoristas. No entanto, o órgão ainda não tem um balanço.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.