Rio Grande do Norte registra o maior número de mortes em 2020

Foto: Ricardo Giusti / CP Memória

Em 2020, o Rio Grande do Norte registrou seu maior número de óbitos num mesmo ano, contabilizando um total de 23.035 vidas perdidas. Apesar disso, de todos os estados do Nordeste, o RN teve a menor variação percentual de mortes em comparação com os dados do ano anterior (12,6%). O maior resultado de variação foi registrado no Amazonas (31,9%) e o menor no Rio Grande do Sul (4%). As estatísticas são do Registro Civil de 2020.

No RN, a variação nos óbitos de mulheres foi menor (10,7%) do que nos de homens (14,1%). O maior aumento de óbitos na população masculina foi para o grupo de pessoas com 15 a 59 anos, enquanto que na população feminina, os óbitos prevaleceram com as pessoas com mais de 60 anos.

O Brasil também registrou o maior número de mortes em 2020. Em quase todos os estados, houve queda na variação percentual de mortes de jovens entre 0 e 14 anos. Foi a faixa etária que apresentou maior redução de óbitos em 2020. No caso do estado potiguar, houve uma queda de 11,3% no número de mortes dessa faixa etária, sétima menor redução do Nordeste.

A maior redução de mortes nessa faixa etária no Nordeste ocorreu em Alagoas com -21,8%. A exceção se deu apenas com Rondônia, que teve alta de 6,3% nas mortes dessa população jovem.

Nascimentos

Em 2020, o estado do Rio Grande do Norte registrou 43.712 nascimentos, o menor número desde 1999. 

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.