Mossoró tem mais de 7 mil pessoas com dose de reforço em atraso

Foto: Reprodução

Levantamento mais recente do RN Mais Vacina, plataforma que acompanha em tempo real a vacinação contra o novo coronavírus no Rio Grande do Norte, apontava que mais de 7 mil pessoas em Mossoró estão com a terceira dose em atraso, ou seja, tomaram as duas primeiras doses e não retornaram a um ponto de vacinação no município para receberem a dose de reforço contra a Covid-19.

Até a última contagem, Mossoró acumulava 7.163 cidadãos em atraso com a D3. Deste total, 5.117 são de idosos acima de 60 anos e 2.046 de trabalhadores da saúde que estão aptos a tomarem a terceira dose do imunizante da Pfizer.

De acordo com o RN Mais Vacina, 25.316 residentes no segundo maior município potiguar tomaram a dose de reforço, sendo que 24.395 pessoas acima de 60 anos ou trabalhadores da saúde e 921 pessoas imunossuprimidas que receberam a terceira dose.

2ª DOSE

Também a última contagem da plataforma apontou que Mossoró contava com 24.794 pessoas que ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra o SARS-CoV-2, vírus causador da Covid-19.

De acordo com o levantamento, são 5.132 com a D2 da CoronaVac/Butantan em atraso, 8.793 da AstraZeneca/Oxford e 10.869 cidadãos em atraso com a segunda dose do imunizante da Pfizer.

O número de pessoas totalmente vacinadas contra a doença era de 174.673, o que correspondia a 58% da população geral estimada em mais de 300 mil habitantes. Quando comparado à população adulta, ou seja, acima dos 18 anos, o percentual sobe para 76%, ou 173.285 pessoas que encerraram o esquema vacinal.

Em termos de população geral, tomaram a primeira dose 220.252 pessoas. Já no caso das duas doses tomadas foram 169.339. A dose única foi aplica em 5.334 pessoas, segundo o RN Mais Vacina.

É importante lembrar que o município antecipou para 56 dias o público da Pfizer, ou seja, a partir de 12 anos quem fez 56 dias que tomou a primeira dose já está apto a receber a segunda dose. Também está antecipando a D2 para a AstraZeneca. A CoronaVac segue o intervalo de 28 dias de quem tomou a primeira e já pode receber a segunda.

Coordenador de Imunizações de Mossoró, Etevaldo de Lima adiantou que existem vacinas suficientes para atender a população em atraso. Na última quarta-feira, 17, mais um carregamento de doses de imunizantes contra a Covid chegou a Mossoró. Etevaldo informou que nesse lote chegaram 5.300 doses do imunizante AstraZeneca para atender ao público em atraso com a 2ª dose e 4.194 do imunizante da Pfizer para aplicação da dose de reforço.

1ª DOSE

Mossoró segue ainda vacinando a população acima de 12 anos ou mais idade com a primeira dose. Estimativa da Secretaria Municipal de Saúde é que o município tem um déficit de quase 30 mil pessoas que ainda não tomaram a primeira dose. A situação preocupa porque é exatamente esse público que tem adoecido e evoluído para óbito.

De Fato.com

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.