RN atinge marca de 70% da população adulta totalmente vacinada contra a Covid-19

Foto: Reprodução

O Rio Grande do Norte atingiu a marca de 70% da população adulta, aquela com mais de 18 anos, totalmente vacinada contra a Covid-19. São considerados totalmente vacinados aqueles que tomaram as duas doses ou a dose única. A estimativa da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do público-alvo acima de 18 anos é de 2.657.700 habitantes.

De acordo com o RN Mais Vacina, plataforma que acompanha em tempo real a vacinação contra o novo coronavírus no território potiguar, são 2.134.851 pessoas que receberam as duas doses ou a dose única. Deste total, 2.077.267 pessoas completaram o ciclo vacinal e 57.584 tomaram a dose única da Janssen.

Ainda de acordo com a ferramenta, estão parcialmente vacinados 2.401.507 potiguares. São 90% nesta situação acima dos 18 anos. Tomaram a primeira dose 2.343.923 pessoas em todo o estado.

O portal informa ainda que 11% dos potiguares receberam a dose de reforço. Ao todo, são 314.772 que tomaram a terceira dose. Deste total, 298.112 são de pessoas acima de 60 anos e trabalhadores da Saúde. Os outros 16.660 são de imunossuprimidos.

O Rio Grande do Norte contabilizava ainda até o encerramento desta edição o total de 232.312 pessoas que excederam o prazo para tomar a segunda dose.

O total de doses administradas pelas salas de vacina em todo o estado era de 4.793.546. Já o total de doses recebidas chega a 6.328.960.

Intervalo de quem tomou a 1ª dose da Pfizer cai para 21 dias

O município anunciou nesta segunda-feira (6) a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose para quem tomou o imunizante da Pfizer para 21 dias. Anteriormente, o intervalo era de 56 dias. Esta é a terceira redução no intervalo. No início, o espaço de quem tinha tomado a primeira dose para a segunda era de 90 dias.

A coordenadoria de Imunizações de Mossoró, órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde, divulgou dados mais recentes do número de pessoas que não tomaram a primeira dose, ou que estão com a segunda dose ou dose de reforço em atraso.

Os números são considerados altos. De acordo com o levantamento mais recente, são 26.523 mossoroenses que não foram a um ponto de vacinação e receberam a D1, 20.722 com o esquema vacinal inconcluso e 6.583 com a terceira dose em atraso.

De Fato.com

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.