UERN ganha apoio dos vereadores de Mossoró para autonomia financeira

Foto: Edilberto Barro/CMM

A Frente Parlamentar e Popular em Defesa da UERN, presidida pelo vereador professor Francisco Carlos (PP), realizou uma reunião, na tarde desta segunda-feira, 06, para debater o projeto que visa conquistar a autonomia financeira da instituição.

O projeto de lei que busca a autonomia da UERN já foi encaminhado para a Assembleia Legislativa do RN pela governadora Fátima Bezerra (PT) e está próximo de ser analisado pelos deputados estaduais.

Durante a reunião, a reitora da UERN, Cicília Maia detalhou como funcionará a autonomia. Um documento com declaração de apoio foi assinado pelos vereadores e demais autoridades presentes e será encaminhado pelo vereador Francisco Carlos para a Assembleia Legislativa, como forma de apoio à iniciativa.

De acordo com Jadson Arnold, diretor da 12ª Direc, que representou a governadora Fátima Bezerra durante a reunião, o Governo do Estado reconhece os esforços e a importância da UERN para o RN e tem total interesse que seja aprovado.

A independência financeira possibilitará que os reitores da instituição possam gerir os recursos. Gastos como contas de serviços básicos, pagamento e contratação de terceirizados, valores para pesquisas, entre outros, poderão ser geridos diretamente pela Universidade, que passaria a receber um duodécimo do Estado.  Atualmente, a destinação dos recursos é decidida pelo Governo do Estado.

A secretária municipal de educação, Hubeônia Alencar, aproveitou a ocasião para destacar a importância da UERN na formação de professores e profissionais da educação de Mossoró. “Hoje, vemos que a maior parte do nosso quadro de educadores foi formada pela UERN. Ela tem um reflexo muito positivo na formação do cidadão, principalmente no interior do Estado”, disse.

Vereadores

A independência financeira da UERN recebeu grande apoio dos participantes. O presidente da Câmara, vereador Lawrence Amorim (SD) colocou o Poder Legislativo de Mossoró à disposição da instituição. “Sou totalmente favorável ao projeto. Faço um elogio à governadora Fátima pela iniciativa e quero lembrar que o legislativo municipal de Mossoró apoia e defende a UERN”, disse.

Os vereadores Paulo Igo (SD), Marleide Cunha (PT), Larissa Rosado (MDB) e Pablo Aires (PSB) também declararam apoio e ressaltaram a importância da instituição. “A UERN contribuiu e contribui para o desenvolvimento de Mossoró e região através das pesquisas desenvolvidas, da formação de profissionais e dos programas de extensão. A autonomia financeira é um passo importante para a instituição e tem nosso apoio”.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Mossoró

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Usamos cookies para lhe proporcionar a melhor experiência.